Este blogue foi criado para interagir com os meus alunos do 6º2, 6º3, 6º4 e 6º9 - Ano lectivo 2007/2008
Segunda-feira, 7 de Janeiro de 2008
Música Tradicional Portuguesa / Alentejo

 

 

Os géneros musicais mais conhecidos da região do Alentejo são as "saias", uma dança e o "Cante Alentejano", forma musical cantada apenas por homens.

Os instrumentos musicais mais utilizados são a flauta, o tamboril, a pandeireta e a viola campaniça. Quem toca a flauta e o tamboril é o tamborileiro.

Queres saber mais sobre "as saias", o "cante alentejano" e os instrumentos que aqui falei? Procura informação sobre isto.



publicado por alvim às 11:00
link do post | favorito
|

De maria 6º4 nº28 a 18 de Fevereiro de 2008 às 14:55
AS CAMPONESAS

O cante tradicional, ao contrario do que se pensa, sempre foi cantado por mulheres enquanto trabalhavam o campo. No entanto elas perdiam visibilidade ligadas ao cante depois do trabalho, já que, depois do sol se pôr, apenas os homens cantavam nas tabernas. Começou a pensar-se que as mulheres não cantavam à alentejana. As “Camponesas” vieram provar o contrario!




--------------------------------------------------------------------------------

GRUPO CORAL DE SAFARA

O cante tradicional do Alentejo continua vivo nas vozes desta gente que guarda na memória as modas de outros tempos. O seu primeiro CD saiu no Natal de 2000, com edição Associ’Arte, em homenagem a “Safara Terra Bonita” com temas tradicionais da região de Moura.



--------------------------------------------------------------------------------
OS CARAPINHAS

Era necessário ligar, os mais novos, ao Cante Tradicional. Os grupos envelhecidos corriam o risco de desaparecer. Nesta tentativa criaram-se os Carapinhas, um grupo Coral Alentejano feito de gente nova (dos 5 aos 12 anos) e com muita vontade de cantar e preservar a tradição.



--------------------------------------------------------------------------------

PASTORES DO ALENTEJO

O trabalho de recolha e pesquisa do cancioneiro tradicional permitem aprofundar o cante tradicional alentejano. Das modas às cantigas de amor e trabalho, o grupo percorre o “cante alentejano” com paixão no olhar.




--------------------------------------------------------------------------------
VOZES DE CASÉVEL

A raiz tradicional do cante Alentejo vindo do Baixo Alentejo. Porque em cada região existe uma forma diferente de cante este grupo de vozes mantém vivas as modas e cantigas que passaram de geração em geração nesta zona do país.




--------------------------------------------------------------------------------
CONCERTINAS DO ALENTEJO
As modinhas tradicionais alentejanas interpretadas ao som das Concertinas de Montargil que durante muitos anos animavam as festas populares das sociedades e clubes desta planície dourada.
Uma tradição que vai passando de avós para netos, a bem da história musical deste lugar e deste instrumento que consegue ainda sobreviver graças à “teimosia” dos seus tocadores.





--------------------------------------------------------------------------------
SONS DO VAGAR
Resultam de uma visita à memória vocal e instrumental do Alentejo.
As mudanças que se fizeram sentir na sociedade rural nos últimos 50 anos desencadearam transformações nos momentos de sociabilidade e nas práticas musicais que lhes estavam associadas, o que fez repensar as noções de tempo e espaço. Despertos pelas memórias de um passado que transporta as suas sonoridades, os Sons do Vagar procuram, numa lógica própria do seu tempo, reinterpretar e transportar para o presente estas práticas, reproduzindo os ambientes musicais que num contexto rural surgiam como contraponto ao trabalho do campo, dando espaço àqueles momentos em que o “vagar” lhes permitia as práticas rituais religiosas ou a folia festiva.

Sons do Vagar juntam um instrumentista e duas vozes femininas que dão corpo a uma ideia que pretende ser uma singela manifestação de apreço e reconhecimento da nossa identidade musical.

Do “peditório” à “alvorada” o tamborileiro anunciava a festa, e as vozes das mulheres despertavam nos primeiros cantos ao S. João ou ao Menino Jesus, para mais tarde nas noites de Quaresma gritarem as lamentações religioso/pagãs da Semana Santa. Com a Primavera, à porta do “monte” ou no terreiro da aldeia, entoava-se a viola acompanhando as vozes na descrição da paisagem e amores anunciados...era o ciclo.




--------------------------------------------------------------------------------
OS ALENTEJANOS
A formação do grupo data de 1998, por ocasião da Exposição Mundial onde tiveram oportunidade de participar em várias iniciativas.
Os seus elementos, oriundos de alguns grupos corais e etnográficos do
Baixo Alentejo, interpretam a música tradicional do Cancioneiro Alentejano num tocadores.
espero que goste da minha pesquisa!!


Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

26
27
28
29
30
31


posts recentes

Música no Mundo - Europa

Música no Mundo - África

Música no Mundo - América

Música no Mundo - Ásia

Música no Mundo - Oceânia

Concerto na Escola E.B. 2...

Webquest - A evolução da ...

Bom descanso!

Açores / Música Tradicion...

Madeira / Música Tradicio...

arquivos

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds