Este blogue foi criado para interagir com os meus alunos do 6º2, 6º3, 6º4 e 6º9 - Ano lectivo 2007/2008
Quinta-feira, 1 de Novembro de 2007
A harpa
pianoSabias que a harpa, juntamente com a flauta, é um dos instrumentos mais antigos? Deve ter tido origem nos arcos de caça que faziam barulho ao roçarem na corda. Aliás ela é sempre triangular e faz lembrar um arco de caça. Segundo as fábulas épicas, poesias e trabalhos de arte, as harpas existiam séculos antes de cristo, na Babilónia e na Mesoptâmia. Diz-se também que foram encontrados desenhos de harpas na tumba do Faraó Egípcio Ramsés III (1198-1166 a. C.), em esculturas da Grécia antga e em cavernas do Iraque que datam desde 2900 a. C.. ... Se encontares mais informação sobre a harpa, partilha-a connosco. Fico à espera.

sinto-me: Bem
música: Faz tão bem

publicado por alvim às 16:36
link do post | comentar | favorito
|

26 comentários:
De maria 6º4 nº28 a 1 de Novembro de 2007 às 17:37
O piano (abreviatura de pianoforte) é um instrumento musical de corda percutida. É definido modernamente como instrumento de percussão porque o som é produzido quando os batentes, cobertos por um material macio e designados martelos, e sendo ativados através de um teclado, tocam nas cordas esticadas e presas numa estrutura rígida de madeira ou metal. As cordas vibram e produzem o som.

Como instrumento de cordas percutidas por mecanismo ativado por um teclado, o piano é semelhante ao clavicórdio e ao cravo. Os três instrumentos diferem no entanto no mecanismo de produção de som. Num cravo as cordas são beliscadas. Num clavicórdio as cordas são batidas por martelos que permanecem em contacto com a corda. No piano o martelo ressalta de imediato após tocar nas cordas e deixa a corda vibrar livremente.

O piano é um instrumento muito utilizado na música ocidental, em especial na música erudita e no jazz. Grande parte dos compositores foram eles próprios pianistas e muitas vezes usaram o piano na tarefa de compor.



De alvim a 1 de Novembro de 2007 às 19:01
Parabéns Maria! Estás a ter uma participação excepcional neste blogue. Beijinhos


De maria 6º4 nº28 a 1 de Novembro de 2007 às 20:59
obrigado pelo que disse mas eu faço isto porque quero não porque sou obrigada.
mas até gosto de publicar estas coisas é sempre bom falarmos sobre a nossa disciplina.
obrigado
volto para a proxima vão ter que me aturar.
xau.beijos


De alvim a 3 de Novembro de 2007 às 16:06
Concordo contigo. Sei que participas aqui porque gostas


De Margarida Santos a 1 de Novembro de 2007 às 20:50
Olá, sou eu de novo a Margarida Santos do 6º4!!!
Foram encontradas pinturas que representam HARPAS, no meio deobjectos que datam de há cerca de 5000 anos!!!As primeiras harpas tinham uma forma arqueada ou angular.Os modelos actuais, de forma triangular, apareceram apenas no século IX.
Estas pequenas obras-de-arte de elegância e requinte tinham no entanto um defeito: produziam apenas um número limitado de notas... Este defeito foi corrigido no século XIX, graças a um sistema engenhoso de pedais, desenvolvido pelo Francês Sebastien Érard. Graças aos pedais, cada corda da harpa pode, desde então, produzir três sons diferentes.Sabia que a harpa de harmonia tem 47 CORDAS!!! Espectacular, não é!?

E mais uma coisa sobre o artigo "harpa", a palavra "antgo" não existe professora, existe é a palvra ANTIGO!!!Afinal não são só as crianças que "deslizam no teclado"!!! Não, é? Só espero que continue a escrever no blog porque eu estou a adorar o que estou a ver!!!!!


De alvim a 3 de Novembro de 2007 às 16:27
Pois é, Margarida! Só não escorrega no teclado quem não mexe nele, eh eh! Bem mandada! Gostei muito do teu texto e do resultado da tua pesquisa. Continua mas não te esqueças que tens de estudar outras disciplinas e fazer outras tarefas. Aliás isto é para todos. Se falharam nisso os outros professores zangam-se comigo e com razão! Não quero zangar-me com ninguém:) Nem sempre posso vir cá pois também tenho muito trabalho. Volta sempre que puderes. Beijinhos


De alvim a 7 de Novembro de 2007 às 19:52
Bom trabalho!


De maria 6º4 nº28 a 1 de Novembro de 2007 às 21:06

Em um venerado mosteiro conservava-se uma harpa mágica,
da qual, segundo os antigos oráculos,
brotaria uma melodia maravilhosa no dia em que fosse dedilhada
por um artista capaz de tocá-la devidamente.

Atraídos pelo oráculo e com a esperança de se tornar famosos,
muitos iam ao santuário, garantiam que eram grandes harpistas
e pediam para que lhes deixassem tentar tocar a harpa mágica.
Mas todos fracassavam, do instrumento só saiam
os mais desagradáveis ruídos.


De alvim a 3 de Novembro de 2007 às 16:29
É, nem todos fazem música.


De Margarida Santos a 1 de Novembro de 2007 às 21:20
Professora eu adoro o som do trompete , por isso queria pôr aqui uma curisidade.
Com o seu claro e brilhante, sussurrando ou "trovejando", o trompete é um instrumento notável, que evoca frequentemente a alegria ou a vitória.Os trompetistas asseveram: este instrumento é um dos mais difíceis de tocar.Imagina que tinhas que fazer como se cuspisses graínhas na boquilha, soprando ao mesmo tempo a pleno pulmões...
Um exército difícil, que exige uma ginástica completa dos lábios e dos músculos do rosto!O trompete tem válvulas de pistão que permitem prolongar o comprimento do tubo, o que faz variar a altura da nota.

Muitos instrumento têm a aparência de um trompete. A CORNETA, por exemplo, toca-se da mesma maneira e pode produzir as mesmas notas.No entanto, o seu tubo é mais largo, onde o som fica mais grave.Há também trompetes especiais criados para obras musicais específicas.É o caso do TOMPETE AGUDO (ou Piccolo), concebido para o "Magnificat", do Alemão Johann Sebastian Bach, que os trompetistas escolhem hoje para tocar composições muito agudas. O TROMPETE DE AIDA, por seu lado, foi concebido para a ópera "AIDA", do italiano Giuseppe Verdi.Nunca foi utilizado por outros compositores!
Bem é mesmo impressionante o "mundo" da música, nã é?

Margarida Santos 6º4 nº18


De alvim a 3 de Novembro de 2007 às 16:40
Eu também gosto do som desse instrumento, quando bem executado:) Quero ver se introduzo imagens dos instrumentos que aqui falamos mas ainda não tive tempo. O trabalho aperta! Obrigada pela tua participação, que está excelente. Bjs


De alvim a 7 de Novembro de 2007 às 20:00
Muito interessante aquilo que escreveste, Margarida.


De maria 6º4 nº28 a 2 de Novembro de 2007 às 17:31
professora sei que sabe tocar muito bem piano.
gostaria que me responde-se a estas questoes:
-é dificil de tocar?
-será que vou conseguir?
-toca-se facilemente?
-é facil produzir as musicas do papel para o piano?
estas questoes são para a professora dar a sua opiniao se tiver tempo.
obrigodo pela atençao.


De alvim a 3 de Novembro de 2007 às 16:49
Obrigada, Maria. Na minha modesta opinião, para se tocar piano é preciso gostar muito do instrumento, estudar todos os dias para se ganhar técnica, e ter uma boa formação teórica, para ler as pautas. Já vos ensinei as notas e quase todas as figuras e pausas. Já lêem pela pauta quando tocam flauta, não é? (excepto aqueles que ainda não tiveram tempo para as estudar!) Achas difícil?


De alvim a 3 de Novembro de 2007 às 16:52
Claro que se quiseres e gostares vais conseguir. Pelo que tenho observado gostas mesmo de música. Força nisso! Cá estarei para o que precisares. Bjs


De maria 6º4 nº28 a 3 de Novembro de 2007 às 19:02
obrigado pelo que disse.
eu adoro musica principalmente pop,mas tambem aprecio outro tipo de musicas.mas claro que gostaria de chegar a onde a professora chegou a uma belissima professora e claro amiga.
quando eu souber tocar bem vai ser a segunda pessoa a ouvir claro depois do meu professor de piano.
obrigado por tudo.


De alvim a 3 de Novembro de 2007 às 21:37
Obrigada Maria. Gosto muito de ser professora e o meu objectivo é melhorar sempre. Para isso, é muito importante a opinião dos meus alunos. Também acho que és muito minha amiga:) Vou aguardar ansiosamente pelo momento em que vais tocar para mim. Olha que me sinto privilegiada por ser a segunda.


De maria 6º4 nº28 a 3 de Novembro de 2007 às 21:53
a professora não pode melhorar já esta exelente.
espero que quando eu tocar para si goste pois eu estou a dedicar-me ao masimo para ver se consigo ser como a professora.
xau
depois aturam-me outra vez.


De maria 6º4 nº28 a 3 de Novembro de 2007 às 18:58
não é dificil mas se não estudarmos torna-se muito mais complicado.
a professora ensinou-nos muitas coisas que nos não sabiamos mas tambem nos ajudou a crescer como pessoa.
gosto muito das suas aulas.espero que continue assim.
é assim que nos gostamos de si.


De alvim a 3 de Novembro de 2007 às 21:39
Vocês também me ensinam a crescer e a melhorar.


De filipe a 7 de Novembro de 2007 às 16:18
A harpa, juntamente com a flauta, é um dos instrumentos mais antigos. Teria se originado dos arcos de caça que faziam barulho ao roçarem na corda. Ela é sempre triangular, lembrando um arco de caça. Tem-se conhecimento através de fábulas épicas, poesias e trabalhos de arte, que as harpas existiam séculos antes de Cristo, na Babilônia e Mesopotâmia. Foram encontrados desenhos de harpas na tumba do Faraó Egípcio Ramsés III (1198-1166 a.C.), em esculturas da Grécia antiga e em cavernas do Iraque que datam desde 2900 a.C.

Durante o crescimento do islamismo, durante o século VIII, a harpa viajou do norte da África até a Espanha e rapidamente se espalhou pela Europa. Em torno de 1720 foi inventada a harpa com pedais, um desenvolvimento muito importante para o instrumento. Acredita-se que tenha sido inventada por Celestin Hochbrücker, tendo sido aperfeiçoada mais tarde pelo francês Érard em 1810.

Entre os maiores harpistas, pode-se citar Nicolas Bochsa (Montmedy France 1789 - Sydney Australia 1856).

A harpa rudimentar já era conhecida pelos caldeus , egípcios, gregos e romanos e até hoje, representa um importante papel na cultura de alguns povos africanos da região do Saara, especialmente os Bwiti.


De alvim a 7 de Novembro de 2007 às 19:58
Tu hoje pesquisaste muito Filipe! Fizeste um óptimo trabalho mas não te esqueças dos trabalhos de casa e de estudar para as outras disciplinas.


De pedro cabugueira a 7 de Novembro de 2007 às 16:39
ola de novo sou o pedro do 6º4 nº24 . eu gosto muita de harpa e um instrumento muito antigo .eu gostava de tocar mas a harpa tem muitas cordas . a professora sabe tocar harpa??? quer aprender???
bjs


De alvim a 7 de Novembro de 2007 às 19:56
Não Pedro. O meu instrumento é o piano. Tem muitas cordas? Pois tem, e também por isso tem um som característico e muito bonito. Também gostava de aprender.Queres ter aulas comigo e ser meu colega, é isso:)?


De maria 6º4 nº28 a 7 de Novembro de 2007 às 21:29
concordo com a professora o piano é um instrumento muito bonito.e a professora deve ter um piano maravilhoso.se tem é como a professora .
beijos gosto muito da professora e sei que não sou só eu!!!!!!



De alvim a 11 de Novembro de 2007 às 12:07
Também gosto muito de vocês.


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

26
27
28
29
30
31


posts recentes

Música no Mundo - Europa

Música no Mundo - África

Música no Mundo - América

Música no Mundo - Ásia

Música no Mundo - Oceânia

Concerto na Escola E.B. 2...

Webquest - A evolução da ...

Bom descanso!

Açores / Música Tradicion...

Madeira / Música Tradicio...

arquivos

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds